sexta-feira, 29 de maio de 2015

Congresso online Nutrição e Alergias

Divulgando o congresso online de nutrição e alergias, muito comuns em autistas, inclusive haverá uma palestra com  a médica do nosso garotão.
Informações no site:

http://eupossoisso.com/congresso/

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Habilidades Sociais

No último fim de semana participei de um Workshop sobre como desenvolver habilidades em crianças e adolescentes do espectro autista, com a psicóloga Patrícia Barros em parceria com a associação Planeta Aspie.

Resolvemos que seria importante aprender algumas dicas, pois nosso menino tem muita vontade de participar de grupos e brincadeiras com outras crianças, mas ainda não tem muita habilidade para manter uma conversa e respeitar o espaço de cada criança dentro da brincadeira. Esta carência ficou muito clara para nós quando fizemos um passeio na Fazendinha e ele de forma alguma quis ficar perto de brincadeiras de crianças pequenas, ele só quis ficar perto das crianças maiores que estavam brincando no campo de futebol, e ele tentou, se aproximou delas, sentou ao lado, tentou falar algumas palavras, com uma rapidez que parecia estar falando italiano (segundo os meninos!), mas depois de um tempo as crianças acabaram saindo do local e ele ficou meio perdido, sem saber como agir.










Neste vídeo abaixo mostra como nosso garotão quer falar sobre vários assuntos, mas atropela as pavalaras e fala muito rápido, ele gravou sozinho:
Foi abordado neste dia de estudos que como as crianças do espectro autista tem dificuldades no sistema cognitivo, elas acabam não se envolvendo emocionalmente e tem de ser ensinadas de como desenvolver esta habilidade de conseguir perceber, interferir e interpretar o que as pessoas sentem e pensam.
E para ajudar nossos filhos devemos explicar quando percebemos que eles não entendem o que seria apenas uma brincadeira ou uma piada, explicar que existem mentiras sociais para evitar magoar as pessoas em determinadas situações.
E uma dica que achei muito valiosa é tentarmos nos policiar no dia-a-dia a substituir afirmações por perguntas, de que precisamos ensina-los a pensar, como se fossemos detetives em uma investigação.
Neste vídeo abaixo tento saber e descobrir como foi o passeio da escola ao Planetário:

Passeio no Planetário
Também foi colocado sobre a importância de encontrar uma motivação para desenvolver as habilidades sociais, dependendo da idade esta motivação vai mudando é claro, como: ser aceito? Namorar? Brincar em grupo?...
O curso teve duração de um dia inteiro, onde foram apresentados inúmeros exemplos e dicas, bem como dois métodos utilizados por profissionais em grupos de crianças e adolescentes no desenvolvimento destas habilidades, o que despertou nos pais e profissionais presentes mais curiosidade sobre o assunto.

Aqui em casa já estamos trabalhando o “ensinar a pensar”, tem horas que ele até se cansa de tanto responder perguntas e percebemos que ele entende melhor quando tem que pensar para responder ao invés de apenas ouvir uma bronca ou instrução, mas sabemos que o caminho é longo e de que precisa treinar também em grupos, como na escola.


Foi um dia produtivo para mamãe, conhecendo novos assuntos e novas pessoas, e para o papai e nosso anjo um dia só deles que foi lindo e divertido com direito a passeio e presente!!!